Manchetes

Nosso Parceiro

quinta-feira, 16 de julho de 2009

BEATISSIMÆ VIRGINIS MARIÆ DE MONTE CARMELLO

TITULARIS ET PATRONÆ TOTIUS ORDINIS CARMELITARUM



Flos Carmeli
vitis florigera,
splendor coeli,
Virgo puerpera, singularis.

Mater mitis,
sed viri nescia
,
Carmelitis

esto propitia, Stella maris.

Radix Iesse
germinans flosculum,
nos adesse
tecum in saeculum p
atiaris.

Inter spinas
quae crescis lilium
serva puras

mentes fragilium, tutelaris!

Armatura
fortis pugnantium
furunt bella,
tende praesidium scapularis.

Per incerta
prudens consilium,
per adversa
iuge solatium largiaris.

Mater dulcis
Carmeli domina,
plebem tuam
reple laetitia qua be
aris.

Paradisi

clavis et ianua,
fac nos duci
quo, Mater, gloria coronaris.
Amen.




Flor do Carmelo
Vinha florígera,
Celeste velo,
Virgem frutífera,
és singular.

Doce e bendita,
ó Mãe puríssima,
aos carmelitas,
sê tu propícia,
Estrela do mar.

Raiz de Jessé,
de brotos floridos,
queiras, feliz,
ao céu dos séculos
nos elevar.

Entre os abrolhos,
viçoso lírio,
guarda de escolhos,
o frágil ânimo,
Mãe tutelar.

Forte armadura
Frente o adversário,
Na guerra dura,
o escapulário
vem nos guardar.

Nas incertezas,
conselho sábio;
nas asperezas,
consolo sólido
queira nos dar.

Mãe de doçura
do Carmo régio
sê a ventura
que o povo, em júbilo,
faz exultar.

Do paraíso,
és chave, és pórtico;
prudente guia,
a nós, de glória,
vem coroar. Amém.


Deus, qui beatíssimæ semper Vírginis et Genitrícis tuæ Maríæ singulári título Carméli Ordinem decorásti: concéde propítius; ut cuius hódie
Commemora-tiónem solémni celebrámus offício, eius muníti præsídiis, ad gáudia sempitérna perveníre mereámur. Qui vivis et regnas cum Deo Patri in unitate Spiritus Sancti Deus.


Allelúia, allelúia. Glória Líbani dáta est éi: décor Carméli, et Sáron. Allelúia.



3 comentários:

  1. Caríssimos,
    "BEATISSIMÆ VIRGINIS MARIÆ DE MONTE CARMELLO".
    Não há um equívoco quanto ao uso da gramática latina neste título?
    É que "beatissimae virginis mariae" está no genitivo e não aparece o substantivo objeto da posse. O certo, no contexto, seria usar o nominativo "beatissima virginis maria". O mesmo em "TITULARIS ET PATRONÆ", em que os vocábulos deveriam estar declinados no nominativo.

    ResponderExcluir
  2. Todos os títulos deste post foram retirados do próprio carmelita, editado pelos carmelitas norte-americanos, farei uma revisão. Obrigado

    ResponderExcluir
  3. Fui ao Santuário do Divino Pai Eterno em Trindade e em minhas orações pedi que recebesse uma flor como um sinal de luz para minhas súplicas e ganhei um escapulário igualzinho ao que havia comprado instantes antes...
    Eu poderia entender isso como o recebimento de uma flor, já que a oração nesse caso é Flos Carmeli? Carla M. B. carlamerscherb@hotmail.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...