Manchetes

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Letras católicas na música litúrgica


"Lex orandi, lex credendi": “A lei da oração é a lei da fé.”. Esta é uma antiga regra que rege a Sagrada Liturgia da Santa Igreja.

Nesse sentido, é evidentente que as letras dos cantos executados na Liturgia precisam ser totalmente compatíveis com a doutrina católica. A Liturgia tem, por si só (não somente nas letras dos cantos, mas em todos os seus gestos e sinais), um caráter catequético, que visa reforçar a nossa fé católica.

Infelizmente, nem sempre é isso que temos visto no Brasil. A crise doutrinal e litúrgica que teve o seu auge na década de 1970 deixou marcas que persistem até hoje. A disseminação da “Teologia da Libertação” (TL) de caráter marxista, condenada pela Santa Igreja teve uma grande influência da vivência litúrgica, e mesmo em letras de músicas que são cantadas até hoje (sobre a TL, ver a "Instrução sobre alguns aspectos da Teologia da Libertação", da Sagrada Congregação para Doutrina da Fé, de 06 de Agosto de 1984).

Ensina-nos o Sagrado Magistério da Santa Igreja que a Hóstia Consagrada é a Presença Real e substancial de Nosso Senhor em Corpo, Sangue, Alma e Divindade, e que a Santa Missa é Renovaçã do Santo Sacrifício de Nosso Senhor (ver Catecismo da Igreja Católica, n. 1356-1381). Mas infelizmente é comum hoje no Brasil, por exemplo, cantos litúrgicos de gênero popular que parecem reduzir a Santa Missa a um simples evento social (um “encontro de irmãos”, “celebração da fraternidade”, “celebração da vida” ou sei-lá-o-que), e o momento da Sagrada Comunhão, onde se recebe o Corpo de Deus, a um mero sinal de comprometimento social (na melhor das interpretações).

Isso quando não vemos cantos repletos de jargões que, embora possam ter uma interpretações católica, são reconhecidamente bandeiras marxistas (como “igualdade”, “fraternidade”), o que facilmente se explica pela ideologia da TL; ou então letras que incitam a luta de classes e o vandalismo (“vou botar fogo...", etc). E infelizmente, tais letras infestam livrinhos de cantos publicados por algumas dioceses.

Há ainda o costume que tem se disseminado que cantar músicas de origem protestante. Mesmo que algumas não contenham heresia, e sejam evidentemente mais espirituais do que as abordadas acima, elas não expressam a fé católica de forma tão precisa, profunda e completa, como aquelas feitas por católicos que visam reforçar os fiéis na fé católica e auxiliá-los a terem as disposições adequadas para usufruir do tesouro supremo que é a vivência eucarística; estas falam muito do amor a Deus, e quando falam do amor ao próximo, falam de maneira pura, isto é, verdeiramente cristã e SEM ideologia marxista.

Vale a pena comparar essas letras, profundamente católicas e também de gênero litúrgico popular, com os cantos que normalmente são ouvidos nas igrejas hoje...

Segue, abaixo, as letras de alguns desses cantos tradicionais e profundamente católicos:

Prometi no meu Santo Batismo

1. Prometi no meu Santo batismos, ser fiel a Jesus sem cessar; o que os pais e padrinhos falaram,/ hoje eu mesmo vim confirmar.

Refrão: Fiel, sincero, eu mesmo quero a Jesus prometer meu amor.

2. Creio, pois, na divina Trindade, Pai Filho e inefável Amor. No mistério do Verbo Encarnado, na Paixão de Jesus Redentor.

3. Eu prometo da Igreja de Cristo os preceitos sublimes guardar; sua voz, como um eco divino, saberei obediente escutar.

Hóstia Branca

1. Hóstia branca no altar consagrada, adorável cordeiro pascal, os mais ímpios mortais regeneras, teus devotos defendes do mal.

Refrão: Sacrosanto maná dos altares, corpo e sangue do meu Redentor. Reverente minh'alma te adora, eu te adoro, mistério de amor.

2. Hóstia santa, consolo dos justos, divinal esperança dos réus, és no mundo o refúgio das almas, és a glória dos santos nos céus.

3. Hóstia pura, sagrado alimento, pão do céu, encerrado no altar. Oh, eu quero guardar-te em meu peito, vem minha alma fiel confortar.

4. Hóstia viva, sacrário de graças, Jesus Cristo, meu Deus e meu Rei, eu por ti viverei santamente, e contente por ti morrerei!

Glória a Jesus

1. Glória a Jesus na hóstia santa, que se consagra sobre o altar, e aos nossos olhos se levanta para o Brasil abençoar.

Refrão: Que o santo Sacramento, que é o próprio Cristo Jesus seja adorado e seja amado nesta terra de Santa Cruz!

2. Glória a Jesus, Deus escondido, que, vindo a nós na comunhão, purificado, enriquecido, deixa-nos sempre o coração.

3. Glória a Jesus, prisioneiro do nosso amor, a esperar, lá no sacrário o dia inteiro, que o vamos todos procurar.

4. Glória a Jesus, que ao rico e ao pobre se dá na hóstia em alimento, e faz do humilde e faz do nobre um outro Cristo em tal momento!

5. Glória a Jesus na Eucaristia, cantemos todos sem cessar, certos também que, de Maria, bênçãos a Pátria há de ganhar.

Eu te adoro, Jesus-Hóstia

1. Eu te adoro, Jesus-Hóstia,Eu te adoro, Deus de Amor! És dos Anjos o suspiro, E dos homens glória e honor.

Refrão: Eu te adoro, Jesus-Hóstia,Eu te adoro, Deus de Amor!

2. Eu te adoro, Jesus-Hóstia,Eu te adoro, Deus de Amor! És dos fortes a doçura,E dos fracos o vigor.

3. Eu te adoro, Jesus-Hóstia,Eu te adoro, Deus de Amor! És na vida alento e força, E na morte o defensor.

4. Eu te adoro, Jesus-Hóstia,Eu te adoro, Deus de Amor!És na terra fiel amigo,E do Céu, feliz penhor.

5. Eu te adoro, Jesus-Hóstia, Eu te adoro, Deus de Amor! És meu Deus, excelso e grande, E dos séculos, o Senhor.

Bendito, louvado seja

1. Bendito, louvado seja, bendito, louvado seja, o Santíssimo Sacramento, o Santíssimo Sacramento

2. Os anjos, todos os anjos, Os anjos, todos os anjos, louvam a Deus para sempre, amém, louvem a Deus para sempre, amém.

3. Fazei-nos, Virgem Maria, fazei-nos, Virgem Maria, sacrários vivos da Eucaristia, sacrários vivos da Eucaristia.

Coração Santo

Refrão: Coração Santo, Tu reinarás; Tu nosso encanto, sempre serás!Coração Santo, Tu reinarás; Tu nosso encanto, sempre serás!

1. Jesus amável, Jesus piedoso, Pai amoroso, frágua de amorAos Teus pés venho, se Tu me deixas, Sentidas queixas, humilde expor!

2. Divino Peito, que amor inflama, Em viva chama, de Eterna Luz, Porque até em sempre, reconcentrada, Não adorada, Doce Jesus!

3. Correi, cristãos, vinde adorar, Vinde louvar, O Bom JesusCom grande ardor, Rendei-lhes preitos, Com os eleitos, na Eterna Luz!

4. Divino Sol, espanca a treva, Que já longeva, o mundo envolve;Aos pecadores, aos ignorantes, Que andam errantes, Teus olhos volve!

5. Estende às almas, Teu suave fogo, E tudo logo, se inflamará, Mais tempo a terra, no mal sumida, Empedernida, não ficará!

6. Por estas chamas, de Amor benditas, Nunca permitas, ao mal reinar, Ao Brasil chegue, Tua caridade, Que ele em verdade, Te saiba amar!

7. Divino Peito, onde se inflama, A doce chama, da caridade; Não a conserves, reconcentrada, Mas dilatada, na Cristandade!

Vitória, tu reinarás

Refrão: Vitória, tu reinarás, ó cruz tu nos salvarás! Vitória, tu reinarás, ó cruz tu nos salvarás!

1. Brilhando sobre o mundo, Que vive sem tua luz, Tu és um sol fecundo, De amor e de paz, ó cruz!

2. Aumenta a confiança, do pobre e do pecador, Confirma nossa esperança, Na marcha para o senhor.

3. À sombra dos teus braços, a Igreja viverá, Por ti no eterno abraço O Pai nos acolherá.

Prova de amor maior não há


Refrão: Prova de amor maior não há que doar a vida pelo irmão!
1. Eis que eu vos dou um novo Mandamento:"Amai-vos uns aos outros como Eu vos tenho amado"

2. Vós sereis os meus amigos se seguirdes meu preceito:"Amai-vos uns aos outros como Eu vos tenho amado"
3. Permanecei em meu amor e segui meu madamento:"Amai-vos uns aos outros como Eu vos tenho amado"
4. E chegando a minha Páscoa, vos amei até o fim:"Amai-vos uns aos outros como Eu vos tenho amado"
5. Nisto todos saberão que vós sois os meus dicípulos:"Amai-vos uns aos outros como Eu vos tenho amado"

34 comentários:

  1. Senti-me ouvindo a própria Antena 1 católica agora... :P

    Mas nossa versão do "Prometi no meu Santo Batismo" (tem canto melhor para uma Crisma?) é diferente.

    Pax,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thiago,
      Pax!
      Encontrei seu comentário pela indagação do artigo http://www.salvemaliturgia.com/2012/04/tres-posts-tres-anos-qual-o-seu.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+salvem+%28Salvem+a+Liturgia%21%29.
      Embora muito usado (em Porto Alegre, na minha Crisma), esse canto, a meu ver, dá margem à heresia (ou, ao menos, equívoco doutrinal) muito difundida, segundo a qual o confirmando confirma a sua fé (ex opere operantis), ao invés do bispo confirmá-lo (ex opere operato).
      Uma outra forma que talvez seja a original é "Prometi na piscina sagrada" "http://letras.terra.com.br/dominio-publico/1664454/
      Mas não me parece tão ruim quanto o "Batiza-me, Senhor, com teu Espírito", pentecostalista.
      Em Porto Alegre também se cantava: "Queremos Deus, povo escolhido", ao invés de "Queremos Deus, homens ingratos"; ou seria "Glória a Jesus na Hóstia Santa?" Hehehe!

      Excluir
    2. Olá!
      Por favor poderia explicar melhor o erro nestas musicas que apontou (Tirando a da crisma) e um link para confirmar a musica, pois trabalho em ministerios de musica e preciso desta informação.
      Gradicido.

      Excluir
  2. Fez-me lembrar:

    A nós descei Divina Luz.

    A nós descei Divina Luz! A nós descei Divina Luz!
    Em nossas almas ascendei o amor, o amor de Jesus!
    Em nossos almas ascendei o amor, o amor de Jesus!

    Vós sois a Alma da Igreja,
    Vós sois a vida, sois o amor,
    Vós sois a graça bem fazeja (2X)
    Que nos irmana no Senhor (2X)

    A nós descei Divina Luz...

    Divino Espírito descei
    Os corações vinde inflamar
    E as nossas almas preparar (2X)
    Para o que Deus nos quer falar (2X)

    ResponderExcluir
  3. Acredito que um dos problemas está em que a Igreja não investe em música (pra não falar que "corre" com os músicos). Desde 1992 participo da Igreja e procuro fazer parte das reuniões litúrgicas (que de litúrgicas tb nao têm muito, mas sim são um encontro de bate-papo superficial) e tenho desde então "tocado" em várias Missas, encontros e palestras. O caso é que não há bons compositores católicos, frutos da falta de incentivo do meio. O pouco que temos hj e que não é canto marxista disfarçado de cristão, vem da RCC que no fundo no fundo é uma cópia musical de menor qualidade das igrejas evangélicas (inclusive seitas). Sofremos assim uma crise de identidade musical: por um lado, músicas de péssima qualidade com letras duvidosas, feitas por pessoas que acham q a Igreja é seu partido eleitoral (vide canções da Campanha da Fraternidade); por outro "bandas evangélicas" (com um som igual ao de bandas seculares mas com letra cristã)que são os famosos Ministérios de Música que inclusive começam a sofrer o mesmo processo industrial do meio "gospel". Sobra ai, um pouco na penumbra, o canto verdadeiramente católico, porém enfraquecido esperando a renovação e atenção que realmente merece.

    ResponderExcluir
  4. A Igreja esta repleta de musicas lindas mas em alguns lugares elas foram esquecidas como uma roupa velha que não se usa mais:
    entre elas estão:
    Maria de Nazaré,É sangue o que era vinho/ é corpo o que era pão

    ResponderExcluir
  5. Alguem sabe porque a música: santo dos anjos (santo santo santo dizem todos os anjos.... céus e terras passaram mais tua palavra não passará...) não é considerada um canto litúrgico???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Porque não é um canto de aclamação para o evangelho
      adequadamente e liturgicamente falando !!!

      Excluir
    2. PORQUE NÃO É UM CANTO ADEQUADAMENTE E LITURGICAMENTE
      PARA SUBISTITUIR O Santo, santo santo senhor deus do universo o céu e a terra proclaman a vossa glória...
      espero que voçe tenha entendido
      obrigado...!!!

      Excluir
    3. Também deve se levar em consideração que seu ritmo é totalmente inapropriado, passível de muitas palminhas ridículas e coreografias que de nada têm de sóbrias. Além, claro, como já dito, de mudar a letra do rito!

      Excluir
    4. Caro anônimo!!! O "Santo" é uma das partes fixas da Missa, que não devem mudar sua letra, ou seja: Santo, Santo, Santo, Senhor Deus do universo! O céu e a terra proclamam a vossa glória, hosana nas alturas! Bendito o que vem em nome do Senhor, hosana nas alturas!- É assim que deve ser entoado.
      Paz e bem!
      Carlos - Paróquia Sagrado Coração de Jesus - Pirabeiraba - JOinville-SC

      Excluir
  6. Anonimo

    Tanto o santo, como também o glória e outras partes da missa se forem cantadas devem seguir exatamente a letra que está no missal, não se pode criar uma outra versão, como é o caso do canto que mencionas e que não se segue a letra original do santo.

    Sidnei

    ResponderExcluir
  7. Ainda bem que no Evangelho vemos um Jesus Cristo que passava todo o dia voltado às necessidades do seu povo, e as noites e madrugadas em oração co o pai.... se na vida de Cristo, se o seu sacrificio é apenas algo cultual que sentido terá nossa liturgia?
    Se o mistério pascal se renova em cada eucaristia que participo, isso quer dizer que o Cristo mais uma vez vai até ali, ouvir, lutar, derrubar as mesas dos cambistas, enfim, ser e viver junto ao povo....

    ResponderExcluir
  8. espero que vcs não postem só o que lhes convém

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O leitor anônimo parece achar que temos interesses obscuros em relação à música litúrgica, já que os textos postados nos "convêm" (?).

      Excluir
  9. puxa vida a muito tempo sinto falta das músicas antigas(tradicionais); lembro da minha adolescência. Das citadas lembrei Vitória tu reinarás a outra anós desceis divina a luz linda..
    Gostava muito de: O senhor é Santo! o senhor é Santo! o Senhor é santo!
    Bendito o que vem em nome do Senhor..
    Bendito o que vem em nome do Senhor...
    Hosana, Hosana, Hosanaana
    E também sinto falta dos órgãos e pianos
    será só saudosismo meu?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. onde posso obter essas letras lindas dos cânticos litúrgicos (dos anos 60): 'O Mandamento Novo'; 'Caridade e Amor'; 'Bendito O Que Vem Em Nome do Senhor'; 'Pelo Vosso Eterno Amor'; Vitória', etc., etc..

      Excluir
  10. Essa música, de fato é bonita e mesmo que não seja a "versão" original do santo(que está no missal), possui uma letra singular e que não fere de nenhuma maneira a liturgia. Vítor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Srº Anónimo, e ao menos estão as partituras ou as letras à venda em algum sítio, aqui em Lisboa? Ligue-me, pf: 96 632 73 46, obrigado.

      Excluir
  11. Músicas do Pe. Zezinho e Zé Vicente marcaram história da caminhada do povo de Deus. E ai de quem se escandalizar destas músicas que expressam o Evangelho Vivo!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. (de Portugal) Gostava de dizer que as músicas do Pe. Zezinho nao sao consideradas litúrgicas, foram introduzidas em Portugal há décadas atrás, numa época de grande de cadència, mas hoje estao a ser banidas. podem ter textos bonitos, mas sao inapropriadas para uma grande assembleia de fiéis a cantar, pelo seu ritmo. Por outro lado, os canticos devem como letra respeitar as antifonas propostas para cada domingo no missal.

      Excluir
  12. Se palavras como:“igualdade”, “fraternidade" tornam uma música marxista portanto inválida para a liturgia, eu sugiro que joguemos fora o Evangelho de Jesus com seus ensinamentos e se proíba sua leitura na missa, porque a mensagem de Jesus é radical e insuportável aos nossos ouvidos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que torna uma música marxista --- e, portanto, inválida para a liturgia --- não são palavras isoladas, mas seu caráter essencialmente imanente (o que às vezes não é fácil de perceber). A autêntica música litúrgica deve ter, antes de tudo, um caráter transcedente.

      Às vezes eu fico pensando: por que os compositores católicos, ao invés de se arriscarem por caminhos duvidosos, não se atêm à fundamentação sólida dos textos do Graduale Romanum para compor suas músicas litúrgicas, a exemplo do que faz o CEMULC da Arquidiocese de Campinas-SP?

      Excluir
  13. Amei essa música gostaria de saber onde posso ouvi-la, em que cd posso encontra-la, desde já agradeço.
    Abraços Bernadete

    Hóstia Branca

    1. Hóstia branca no altar consagrada, adorável cordeiro pascal, os mais ímpios mortais regeneras, teus devotos defendes do mal.

    Refrão: Sacrosanto maná dos altares, corpo e sangue do meu Redentor. Reverente minh'alma te adora, eu te adoro, mistério de amor.

    2. Hóstia santa, consolo dos justos, divinal esperança dos réus, és no mundo o refúgio das almas, és a glória dos santos nos céus.

    3. Hóstia pura, sagrado alimento, pão do céu, encerrado no altar. Oh, eu quero guardar-te em meu peito, vem minha alma fiel confortar.

    4. Hóstia viva, sacrário de graças, Jesus Cristo, meu Deus e meu Rei, eu por ti viverei santamente, e contente por ti morrerei!

    ResponderExcluir
  14. A pergunta que fica é: sabendo de toda essa parte teórica e desastrosa para a doutrina católica e que repercute até hoje na música (anti-litúrgica) e que parece ser a mais usada pela própria CNBB, porque as autoridades eclesiásticas da época já não barraram tais músicas tendenciosas? E ainda hoje, porque ainda não renovaram com músicas verdadeiramente católicas e de qualidade? Por que ainda insistem em hinários antigos (e muitos outros que existem cujo conteúdo é explicitamente contrário ao ensino da Igreja). Quem pode me responder?

    ResponderExcluir
  15. A musica coração santo é do tempo da minha avó e ela tem 70 anos

    ResponderExcluir
  16. (de Portugal) Acho que as pessoas aqui estao a cair no erro de comentar música a música quando cada caso é diferente e para validar um càntico seria melhor fazerem um artigo com todos os "critérios para a validacao de um càntico como sendo litúrgico" entao aí um a um poderia ver se se aplicam todos os critérios a um càntico. nao esquecer que o càntico é 1. letra e 2. música e ambos devem possuir critérios tanto para serem litúrgicos como para serem cantados por uma assembleia e nao só por um solista ou por um grupo coral.

    ResponderExcluir
  17. Graça e Paz. Sou ex ministro protestante, hoje, católico pela Graça de Deus. Um dos motivos de ter sido atraído à Igreja Católica foi devida a profundidade bíblica da missa e eucaristia, contudo, confesso que fiquei um tanto decepcionado por perceber que a influência das músicas "cristãs" populares (de baixíssimo teor doutrinário) que estavam contaminando a liturgia católica em muitas paróquias.

    ResponderExcluir
  18. Louvado seja o Nosso Senhor Jesus Cristo!
    Eu sou coordenadora de uma equipe de música que canta às quartas-feiras, e sempre que eu busco músicas "novas" escolho uma dessas músicas mais antigas, tem letras tão bonitas! E como todos que cantam comigo tem menos de 20 anos, acaba sendo uma oportunidade de aprender essas canções, já que quase não as ouvimos por aí mais. Quem tiver mais dicas, estou sempre aceitando!

    ResponderExcluir
  19. Nos temos várias editoras que são cuidadosas com a questão litúrgica, mas nenhuma demonstra interesse com a música.Estava conversando isso com um amigo outro dia. Sou professor de ensino médio e quando em algum momento um jovem canta uma música protestante todos sabem a letra. Já quando se trata de música católica nem as tradicionais eles conhecem.

    Não há interesse em nenhuma editora de publicar um "livro de cantos", "hinário" ou gradual tal qual os monges possuem.

    Há um total abandono da música verdadeiramente católica. Isso ao meu ver diminui a influência cultural que a Igreja tem sobre seus próprios fiéis e sobre o povo como um todo, além é claro de prejudicar a sua própria liturgia.

    Como um amigo disse acima, deve-se dar mais valor aos músicos verdadeiramente católicos e incentivar a composição de letras e músicas católicas...

    ResponderExcluir
  20. Nos EUA existe uma preocupação maior com a sacralidade dos cantos religiosos populares e nos cantos litúrgicos. Por exemplo eles possuem mais comumente os hinários com cantos litúrgicos e populares em inglês e latim. Já os populares possuem um ar muito diferente dos nossos. são cantos antigos. Acompanhados de órgão e que permitem o canto congregacional e coral ao mesmo tempo. Lá se formam corais nas paróquias e não bandinhas como acontece por aqui. Durante a visita do papa Bento XVI vimos os americanos dar um show de liturgia com a missa cantada em latin.

    ResponderExcluir
  21. Alguém conseguiria o áudio da música Hóstia Branca? por favor ficaria mt agradecida qlq coisa mandem para o meu email: leth_jhs@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  22. se alguém conhecer esse canto da semana santa ele é muito antigo minha mãe cantava para nós em nossa casa e eu já tenho 57 anos ele é assim,mas eu não recordo todo só algumas partes."Na quinta feira Jesus com seus discípulos ,vem de Oliveira foram a Jerusalém fazer paixão a Jesus com seus discípulos que padeceu para o nosso próprio bem." outra parte que eu lembro "lhe puseram uma coroa na cabeça que foi tecida por setenta e dois espinhos,pelos espinhos da cora do Senhor seu coração ficou sobrangido,arrebentaram setenta rios de sangue que penetravam pelos olhos e os ouvidos".
    se alguém conhecer mande a letra para o meu e-mail aidancredfilial@gmail.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...