Manchetes

Nosso Parceiro

terça-feira, 29 de junho de 2010

São Pedro e São Paulo 2010, em... São Pedro! Ou "Papa celebra o Dia do Papa"

Pope Benedict XVI prays during St. Paul first Vespers prayer at the Rome's Basilica of St. Paul's Outside the Walls, on June 28, 2010. AFP PHOTO/ Tiziana Fabi.

Pope Benedict XVI  leads a solemn mass at St Peter's basilica to celebrate the feast of Saint Peter and Saint Paul on June 29, 2010 at The Vatican. Pope Benedict XVI placed palliums around the necks of 38 new archishops, a symbol of their authority and responsability.

Pope Benedict XVI leaves after the first Vesper at Rome's St. Paul Outside the Walls Basilica on June 28, 2010. Pope Benedict XVI announced that the Vatican will create a new Church ministry aimed at reviving the Christian faith in Catholic countries where it has been eroded by securalisation.

Pope Benedict XVI leaves at the end of the first Vesper at Rome's St. Paul Outside the Walls Basilica on June 28, 2010.

Pope Benedict XVI waves to the faithful as he arrives to lead a mass at St Peter's Basilica to celebrate the feast of Saint Peter and Saint Paul on June 29, 2010 at The Vatican. Pope Benedict XVI placed palliums around the necks of 38 new archishops, a symbol of their authority and responsability.

Pope Benedict XVI, centre, leaves St. Peter's Basilica after he celebrated a mass where thirty-eight new archbishops received the pallium, a woolen shawl symbolizing their bond to the pope, at the Vatican, Tuesday, June 29, 2010.

Pope Benedict XVI celebrates a mass in St Peter's Basilca where thirty-eight new archbishops received the pallium, a woollen shawl symbolizing their bond to the pope, at the Vatican, Tuesday, June 29, 2010.

A young girl stands next to Pope Benedict XVI during a solemn mass to celebrate the feast of Saints Peter and Paul in Saint Peter's Basilica at the Vatican June 29, 2010.

An altar boy looks at Pope Benedict XVI as he appears to doze off during a solemn mass to celebrate the feast of Saints Peter and Paul in Saint Peter's Basilica at the Vatican June 29, 2010.

Pope Benedict XVI arrives to lead a solemn mass to celebrate the feast of Saints Peter and Paul in Saint Peter's Basilica at the Vatican June 29, 2010.

Pope Benedict XVI gives Pallium to Archbishop Jesus Sanz Montes of Spain during a solemn mass to celebrate the feast of Saints Peter and Paul in Saint Peter's Basilica at the Vatican June 29, 2010.


11 comentários:

  1. Atentem que os Bispos concelebrantes usam mitra SIMPLES, como manda o Caerimoniale Episcoporum. Só o principal usa mitra ornada em concelebrações.

    Uma pena que, aqui no Brasil, eu tenha visto inúmeras Missas concelebradas com os Bispos concelebrantes usando mitras ornadas, e pouco caso fazendo da norma litúrgica. Salvo engano, até no Congresso Eucarístico, "esqueceram" dessa regra.

    ResponderExcluir
  2. Esqueceram nao.

    Eles nem devem saber disso...

    ResponderExcluir
  3. Ora, anônimo, é por isso que coloquei entre aspas o esqueceram! As aspas não foram colocadas sem motivo. Preste atenção aos detalhes na nossa escrita.

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pelo site.

    É lindo. Vamos adiante levando a liturgia bem celebrada a todos os cantos do nosso Brasil.

    Gostaria da opinião dos representantes do site sobre a Missa do Banquete do Cordeiro feita no Rio de Janeiro. A missa foi muito estranha. Meu irmão foi, pois ele gosta de missas animadas.

    O que fazer?

    Muito obrigado.

    ResponderExcluir
  5. Se Altar é Cristo, o melhor seria não colocar nada em cima dele( a imagem de são pedro na primeira foto)...tipo sobre o altar, só o pão e o vinho, missal, cruz e velas, e o melhor ainda seria que a cruz e as velas pudessem ficar próximo e não sobre o altar para facilitar até a visualização do principal, pão e vinho, corpo e sangue. Ou é mais importante a imagem do crucificado de ouro em conjunto com os castiçais bem dispostos sobre o altar como se o essencial não fosse o próprio Cristo e sim o tal "arranjo" e as coisas?

    ResponderExcluir
  6. Sr. Anonimo...

    O senhor acha que é mais sábio que o Papa?

    Reveja isso heim. Você está simplesmente passando por cima de séculos de devoção, de História e Tradição.

    Isso me cheira a Teologia da Libertação....

    Credo. Que palhaçada.

    ResponderExcluir
  7. Ixiii

    Mais um devoto de Claudio Pastro e do MINIMALISMO litúrgico.

    Deus nos livre.

    Estude sobre liturgia em lugares mais confiaveis meu caro e verás que o altar não é para ficar feito um bloco de pedra gelado, vazio, sem nada.

    Posso não ser especialista, mas ao entrar numa igreja reformada por Pastro me sinto mais em um espaço nada católico, cheio de rabiscos em forma de santos.

    Deus nos Livre.

    ResponderExcluir
  8. Sobre a pergunta do Leonardo:

    Olhe, eu não sei ainda muito bem sobre o evento.

    Mas as fotos que eu vi me causaram medo. O que me deixou muito triste foi ver o bispo participando.

    Tem uma foto que há adoração ao Santíssimo e fogos de artifício ao lado, em cima do palco, pertinho da mesa.

    ... Sem mais comentários.

    ResponderExcluir
  9. Anônimo disse:”e o melhor ainda seria que a cruz e as velas pudessem ficar próximo e não sobre o altar para facilitar até a visualização do principal, pão e vinho, corpo e sangue.”
    “Aproxima o teu dedo aqui e olha as minhas mãos; aproxima a tua mão e coloca-a no meu lado, deixa de ser incrédulo e torna-te um homem de fé” (São João 20,27) e “Porque me viste, creste; bem-aventurado os que não viram e contudo creram” (São João 20,29).
    Paz e Bem!
    André

    ResponderExcluir
  10. Realmente uma decoração exagerada deve ser evitada, mas não é esse o caso do altar-mor de São Pedro. É uma decoração ordenada, formando um conjunto harmonioso, pois as velas e a cruz são símbolos ligados intimamente ao que ocorre no altar. Ademais, o altar-mor de São Pedro é suficientemente grande para não perder o destaque devido aos adornos. :p

    Não devemos achar que toda decoração na Liturgia é supérflua ou exagerada. Quando ordenada, ela só realça a importância do Sacro Mistério do altar.
    Quanto às imagens de São Pedro e São Paulo, elas são de um simbolismo bem rico se lembrarmos que São João viu os mártires junto do altar de Deus no Apocalipse. Aliás, é pelo mesmo simbolismo que a Igreja construiu altares sobre túmulos de santos e mártires.

    ResponderExcluir
  11. "Seria melhor que a cruz e as velas ficassem próximas ao altar e não sobre", esta semana vi um livro que contém fotos de igrejas reformadas por Pastro, simplesmente horrível, vamos rezar para que Nosso Senhor Jesus Cristo nos livre desta verdadeira marmota que é a arte "sacra" de Pastro.
    Jean

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...