Manchetes

Nosso Parceiro

domingo, 6 de junho de 2010

Solenidade de Corpus Christi em Frederico Westphalen

Na quinta-feira após a solenidade da Santissima Trindade, celebramos a Solenidade do Sacratissimo Corpo e Sangue do Senhor (ou como bem conhecemos a Solenidade de Corpus Christi).

Em Frederico Westphalen – RS, a solenidade foi celebrada ás 15hs defronte a Catedral Diocesana de Santo Antonio, presidada pelo bispo diocesano Dom Antonio Carlos Rossi Keller, concelebrada por oito padres e com a presença de milhares de fieis, provenientes e toda a região.

Por se tratar se uma celebração, celebrada fora da Igreja, ou seja não se tem as disposições arquitetonicas nas quais já se esta acostumado, não temos delimitadamente, nave, cupula, presbiterio. No entanto, na disposição arquitetonica da Catedral foi na medida do possivel, fazer tal separação, conseguindo distinguir onde teve lugar a catedra, o altar, o ambão. E tendo como disse o Kairo (também deste apostolado), a praça da matriz, como uma grande nave, onde se encontrava todo o povo.

Em poucas palavras se pode afimar, que foi um grande momento de adoração e manifestação de amor, a Cristo presente no Santissimo Sacramento.

cc2

cc3

cc4

cc5

ccc1

cc6

cc8

cc9

cc10

cc11

cc12

cc13

cc14

cc15

cc16

cc17

5 comentários:

  1. Wescley

    Pelo que pude notar tanto o Pálio quanto o Véu Umeral usados pelo Sr. Bispo são da Empresa ArteSacro aqui de SC (Balneário Camboriú), temos na comunidade uma capa e véu iguais. Sem propagandas, mas acho que alguns podem querer saber onde adquirir.

    Infelizmente na minha cidade são Pedro não colaborou e choveu o dia todo, procissão só dentro das igrejas.

    Abraço,
    Sidnei

    ResponderExcluir
  2. Sim, o pálio e o véu são da empresa citada, no entanto a capa não.
    São de boa qualidade, claro que existem n. opções de onde se comprar no Brasil.

    ResponderExcluir
  3. Wescley

    Claro que sim, poderia citar muitas. Para mim facilita adquirir com eles pela proximidade, posso ir pessoalmente na confecção e encomendar peças sob medida, com detalhes específicos de acordo com as normas e o senso comum. Eles também tem muitos tecidos e paramentos importados da Itália...
    A grande maioria das peças é confeccionada em tecidos leves e que não amassam com facilidade e os preços são medianos.

    Abraço,
    Sidnei

    Sidnei

    ResponderExcluir
  4. Muito bela a celebraçao,poucos erros ,dentre eleso uso inadequado da cruz peitoral que deve ser usadapor baixo da casula.(cerimonial dos bispos cap.4,61)

    ResponderExcluir
  5. Caro Anônimo, a CNBB, na 13ª Assembléia Geral, aprovou a substituição do conjunto alva e casula por túnica ampla, de cor neutra, com estola da cor do tempo ou da festa e que os Bispos usem a cruz peitoral por sobre a casula. Tal pedido foi feito e autorizado pela Santa Sé, em 1971.
    Estas foram opções feitas pelo episcopado brasileiro (CNBB). Então, temos que ter o cuidado de sim, observar as celebrações noutros países, conforme os seus costumes próprios e, sobretudo, com as celebrações do Papa, pois são os maiores exemplos para todo o orbe (perceba que ele não usa a cruz peitoral por cima da casula); mas tenhamos a consciência de sempre obedecermos aos Ordinários locais (Bispos), pois "são eles os liturgos por excelência" e cada qual, junto com a Conferência tem o múnus e o poder de referir isso ou aquilo na sua diocese.

    Vale também aqui ainda verificar os nºs 22 e 41 da Sacrossanctum Concilium, respectivamente:
    "22. § 1. Regular a sagrada Liturgia compete ùnicamente à autoridade da Igreja, a qual reside na Sé Apostólica e, segundo as normas do direito, no Bispo.
    § 2. Em virtude do poder concedido pelo direito, pertence também às competentes assembleias episcopais territoriais de vários gêneros legitimamente constituídas regular, dentro dos limites estabelecidos, a Liturgia.
    § 3. Por isso, ninguém mais, mesmo que seja sacerdote, ouse, por sua iniciativa, acrescentar, suprimir ou mudar seja o que for em matéria litúrgica."
    "41. O Bispo deve ser considerado como o sumo-sacerdote do seu rebanho, de quem deriva e depende, de algum modo, a vida de seus fiéis em Cristo.
    Por isso, todos devem dar a maior importância à vida litúrgica da diocese que gravita em redor do Bispo, sobretudo na igreja catedral, convencidos de que a principal manifestação da Igreja se faz numa participação perfeita e ativa de todo o Povo santo de Deus na mesma celebração litúrgica, especialmente na mesma Eucaristia, numa única oração, ao redor do único altar a que preside o Bispo rodeado pelo presbitério e pelos ministros."

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...