Manchetes

Nosso Parceiro

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

02 de Agosto: Indulgência da Porciúncula

Fonte: Arquivo CN
Neste dia 02 de Agosto celebramos o Perdão de Assis, a indulgência da "Porciúncula" (ou Perdão de Assis). Já falamos dele e de sua história nesta postagem.

Queremos, nesta postagem, apenas recordamos aos leitores as condições para lucrarem tal indulgência plenária:
  • Cumprir a obra enriquecida de indulgência. Neste caso, a visita com devoção a uma igreja, no dia 02 de agosto, onde se reza a oração dominical e o símbolo da fé: o Pai-Nosso e o Credo. A igreja pode ser uma igreja paroquial, catedral, santuário constituído pela autoridade competente ou uma basílica menor. [1]
  • "Pelo menos antes de cumprir as últimas disposições da obra indulgenciada, o fiel esteja em estado de graça".[2]
  • "Rejeitar todo o apego ao pecado, qualquer que seja, mesmo venial", e ainda, "confissão sacramental, comunhão eucarística e oração nas intenções do Sumo Pontífice" [3]. É conveniente que estas sejam feitas no mesmo dia em que se cumpre a obra indulgenciada, mas é suficiente que se façam dentro de alguns dias (cerca de 20). A oração pelo Papa é livre, mas sugere-se um Pai-Nosso e uma Ave-Maria.[4]
Quanto ao dia para a realização da obra indulgenciada, cabe um alerta. Tem sido divulgado, principalmente pela internet, que a visita pode ser realizada a partir da tarde do dia 01 de Agosto até o entardecer do dia 02. Este lapso temporal, de acordo com as normas atuais das indulgências, é incorreto. Embora os decretos papais até o Papa Pio X tenham permitido a visita a partir das Vésperas da Vigília, a reforma das indulgências estabelecida pelo Papa Paulo VI requer que a visita se dê propriamente no dia 02, o que foi confirmado pela edição atual do "Manual das Indulgências", como mostramos acima. Esta posição é a mesma da Catholic Encyclopedia [5].

Que São Francisco de Assis interceda por nós, para que consigamos vencer o apego a toda espécie de pecado e receber de Deus a remissão das penas temporais de nossos pecados.

[1] Cf. Indulgências - Orientações litúrgico-pastorais (tradução do Enchiridion Indulgentiarum - normae et concessiones - editio quarta, reimpressio), n. 33, §1.
[2] Penitenciaria Apostólica, O DOM DA INDULGÊNCIA, n. 3.
[3] Papa Paulo VI, Indulgentiarum Doctrina, Norma N. 7.
[4] Cf. Penitenciaria Apostólica, op. cit., n. 5
[5] Cf. Bihl, M. (1911). Portiuncula. In  The Catholic Encyclopedia. [ver nota ao final do texto].
blog comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...