Manchetes

Nosso Parceiro

sábado, 24 de março de 2012

Existe Glória nas Missas da Quaresma?

Continua sendo comum, quando estamos na Quaresma, que algumas pessoas perguntem se o Glória é proibido na Quaresma, ou se é permitido; ou então, surge algum relato de que o Glória foi usado em algum lugar, neste tempo litúrgico, e a dúvida sobre a licitude deste fato.

Afinal, qual é o procedimento correto?

Primeiro, estabeleçamos que o Glória não é exatamente proibido nem permitido; ele é usado ou omitido, de acordo com a indicação do Missal; temo que a ideia de "proibição" e "permissão" dê uma ideia de que o Glória possa ser usado à vontade ou omitido à vontade.

Isto não é verdade.

Na Quaresma, o Glória desaparece. No Tempo Comum, todo Domingo o fiel ouvirá o Glória; mas na Quaresma ele some.

Ninguém pode decidir colocar o Glória nas Missas da Quaresma. Faz parte da Liturgia da Igreja.

Entretanto, se ocorrer uma Solenidade ou Festa, o Glória reaparece. Por exemplo: a Solenidade de São José, em 19 de Março, sempre acontece no meio da Quaresma. Mesmo assim, tem o Glória.

Mas nos outros dias, não. Nem nos Domingos.

Li há poucos dias um relato de que em algum lugar se usou o Glória num Domingo da Quaresma: completamente errado. Importante ressaltar que o Glória não é usado nem mesmo no chamado Domingo "da alegria", o Domingo Laetare, 4º da Quaresma.

Em resumo: o Glória não se usa na Quaresma; exceto em caso de Festa ou Solenidade.

O Alleluia, por sua vez, desaparece completamente na Quaresma, sem exceção. Tal palavra fica completamente ausente da Liturgia (inclusive do Ofício Divino).Na Forma Extraordinária do Rito Romano (a Missa Tridentina), desaparece um pouco antes, no tempo litúrgico chamado Septuagésima.

Em resumo: Quaresma não tem Alleluia. Nunca. Sem exceção.
blog comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...