Manchetes

domingo, 20 de janeiro de 2013

No cinquentenário do Concílio Vaticano II, o primeiro missal de altar latino-italiano


Chegou a vez dos italianos terem um missal bilíngue para o altar. O missal latino-italiano é publicado pela Livraria Ateneu Salesiano e editado pelo Pontificium Institutum Altioris Latinitatis da Universidade Salesiana de Roma, em três volumes.

Foto meramente ilustrativa
A Agência ZENIT publicou uma entrevista sobre a ocasião, com o Prof. Manlio Sodi,  presidente do Institutum, da qual segue um pequeno trecho abaixo que gostaria de comentar: 
ZENIT: Presidente, era necessário esperar 50 anos para ver de novo um missal latino-italiano?

Prof. Manlio Sodi: A ocasião do 50º aniversário do Concílio Vaticano II é uma combinação interessante. A publicação do pequeno missal é a coroação de uma espera e uma urgência sentida por muitas partes e Instituições. Era preciso só a coragem de um Editora e de um paciente  redator para colocar juntas 5519 páginas! O material é tanto e, sempre que possível, tentamos ser completos, de modo que a partir do texto latino, colocado sempre na página da esquerda, o texto em língua vernácula esteja do lado, na página à direita. Tudo isso facilita ao máximo a resposta ao motivo pelo qual se pretende usar esta ferramenta.
Discordo humildente do professor Sodi. Mais do que uma editora corajosa e um paciente redator, foi preciso um Papa com a sabedoria, paciência e coragem. Sabedoria para suscitar um novo movimento litúrgico; paciência para que este movimento fosse fomentado principalmente pelo exemplo, e não por decretos; e coragem para impulsioná-lo mais com atos como o motu proprio Summorum Pontificum. E agora será implementado de fato o querer dos padres conciliares, quando disseram na Constituição Sacrosanctum Concilium que haveria uma abertura ao vernáculo, mas o latim continuaria presente como língua oficial da liturgia romana.

Esperamos também aqui na terra de Santa Cruz encontrarmos uma editora com coragem, quando a nova tradução do Missal Romano para o Brasil for aprovada.

O restante da entrevista pode ser lida aqui.
blog comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...