Manchetes

Nosso Parceiro

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Algo de surpreendente e revolucionário na Missa do Galo do Santo Padre

Tradução do comentário do Pe. Z, pelo Wagner Marchiori:


Algo memorável ocorreu durante a Missa do Galo do Santo Padre.
Eu não assisti à transmissão da Missa este ano, mas gravei-a e pode ser  vista aqui.
No momento do video registrado como 36:28,  um homem do coro da capela Sistina canta o Gradual da primeira Missa do Natal.
Percebeu?
UM GRADUAL!
Eles não o cantam particularmente bem, parece arrastado.  Ele parece não entender onde e como respirar ou o quê o texto significa,  há um pouco mais de vibração do que é devido, mas é o Gradual, não um Salmo Responsorial.
Não há “Salmo Responsorial” com canto coral.
Meu correspondente escreveu: “soa divertido que o locutor da Rádio Vaticano  se esforçou para explicar que é, na verdade,  correto também substituir , sob as novas rubricas,  o “antigo Gradual”  pelo Salmo Responsorial”.
De fato,  é correto cantar o Gradual no lugar do “Salmo Responsorial”.  Você pode encontrar os cantos graduais, junto com outros cantos próprios para Missa, no Graduale Romanum publicado pela Solesmes. E veja, também, o “Missal Gregoriano para Domingos (Gregorian Missal for Sundays )
Nós vimos Sua Santidade celebrar Missa ‘ad Orientem’, usar paramentos Romanos e usar antigos ornamentos. Ele fez, agora, mais uma ação na mesma linha. Ele mostrou para todo o mundo que não é necessário que o povo  esteja cantando ou falando todo o tempo, mesmo naqueles momentos em que estejam habituados a cantar ou falar. Ele pode escutar um texto e o texto pode ser um Canto Gregoriano,  ao qual o Concílio afirmou que tem um lugar de honra na sagrada música litúrgica.
Força gravitacional? Isso seria impensável alguns anos atrás.
Aqui tem um link para o livreto em pdf da Missa.
Imagine a surpresa de ouvir um Gradual Romano numa Missa no Rito Romano celebrada pelo Pontífice Romano!
blog comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...