Manchetes

Nosso Parceiro

terça-feira, 30 de março de 2010

Igreja luterana em Roma, visitada pelo Papa: mais "cara" de igreja católica do que muitas por aí...

Recentemente, o Papa visitou uma igreja evangélica luterana em Roma, e nela pregou a unidade cristã.

O que nos chamou a atenção foi a beleza dessa igreja: sóbria, distinta, com imagens, e até mesmo um altar colado à ábside. Deveriam alguns construtores de igrejas católicas "moderninhas" se envergonhar ao ver um templo de uma igreja separada ser tão piedoso e mais externamente católico...

Notem o altar e o púlpito. Em uma eventual conversão luterana, nessa igreja física pouco haveria de se mexer, não?

Pope Benedict XVI holds the homily during his visit to the Lutheran Church of Rome on March 14, 2010 in Vatican City, Vatican. Benedict spoke about the relationships between the different Christian churches.

Pope Benedict XVI holds the homily during his visit to the Lutheran Church of Rome on March 14, 2010 in Vatican City, Vatican. Benedict spoke about the relationships between the different Christian churches.

Pope Benedict XVI holds the homily during his visit to the Lutheran Church of Rome on March 14, 2010 in Vatican City, Vatican. Benedict spoke about the relationships between the different Christian churches.

Pope Benedict XVI prays during  his visit to the Lutheran Church of Rome on March 14, 2010 in Vatican City, Vatican. Benedict spoke about the importance of relationships between the different Christian churches.

Pope Benedict XVI flanked by Rev. Jens-Martin Kruse prays prays during  his visit to the Lutheran Church of Rome on March 14, 2010 in Vatican City, Vatican. Benedict spoke about the importance of relationships between the different Christian churches.

Pope Benedict XVI flanked by Rev. Jens-Martin Kruse prays prays during  his visit to the Lutheran Church of Rome on March 14, 2010 in Vatican City, Vatican. Benedict spoke about the importance of relationships between the different Christian churches.

Pope Benedict XVI greets the Lutheran community during  his visit to the Lutheran Church of Rome on March 14, 2010 in Vatican City, Vatican. Benedict spoke about the importance of relationships between the different Christian churches.

Pope Benedict XVI flanked by Rev. Jens-Martin Kruse prays prays during  his visit to the Lutheran Church of Rome on March 14, 2010 in Vatican City, Vatican. Benedict spoke about the importance of relationships between the different Christian churches.

Pope Benedict XVI receives greetings from   Rev. Jens-Martin Kruse  during  his visit to the Lutheran Church of Rome on March 14, 2010 in Vatican City, Vatican. Benedict spoke about the importance of relationships between the different Christian churches.

Pope Benedict XVI flanked by Rev. Jens-Martin Kruse prays prays during  his visit to the Lutheran Church of Rome on March 14, 2010 in Vatican City, Vatican. Benedict spoke about the importance of relationships between the different Christian churches.

Pope Benedict XVI flanked by Rev. Jens-Martin Kruse prays prays during  his visit to the Lutheran Church of Rome on March 14, 2010 in Vatican City, Vatican. Benedict spoke about the importance of relationships between the different Christian churches.

11 comentários:

  1. Foi exatamente isso que pensei quando o vi o vídeo desta visita do Papa... O templo deles é mais "católico" que muitas de nossas igrejas...

    ResponderExcluir
  2. Outro ponto interessante: o uso da toga por parte dos pastores protestantes; isso quando eles não usam a sobrepeliz com estola.

    ResponderExcluir
  3. Trata-se, Fernando, da chamada "toga de Hannover", usada por muitos luteranos quer como veste talar (batina, do dia-a-dia), quer como paramento para cultos de oração. Nos cultos de Santa Ceia, os mais litúrgicos (High Church) usam, em vez da toga de Hannover, a alva, com amito, cíngulo e estola da cor do tempo, e os menos litúrgicos usam a própria toga de Hannover com ou sem sobrepeliz.

    O pastor acima é luterano High Church, e está usando a toga de Hannover, e não a alva com estola, por ser um mero culto de oração e não um culto de Santa Ceia.

    Lembrando que os presbiterianos usam a chamada toga de Genebra ou, na linguagem comum, a "genebrina".

    Essas togas eram comuns nas universidades onde os protestantes davam aulas ou estudavam teologia, e eram adotadas, em certas regiões, por clérigos católicos como se batinas fossem quando da Reforma, sendo mantidas pelos protestantes mais tradicionais.

    ResponderExcluir
  4. Rafael

    O Santo Cura D´Ars não é representado com um tipo de toga nas imagens que são este ano tão divulgadas?
    Qual a diferença entre a toga de Hannover e de Genebra?
    Alguém tem fotos de pastores luteranos de alva e estola.
    Aqui em Brusque vejo os pastores luteranos da IECLB somente de toga.

    Abraço,
    Sidnei

    ResponderExcluir
  5. Meu caro Sidnei,

    As togas dos pastores protestantes nada mais são do que as togas tradicionais das universidades em que eles lecionavam. Com o tempo, a tradição luterana adotou a hannoveriana e a calvinista a genebrina.

    Por usa vez, as togas das universidades eram as vestes clericais, dado que os professores, em sua origem, eram padres, diáconos ou clérigos menores.

    Daí que vejamos Santo Inácio, Santo Cura d'Ars e outros padres medievais e pós-medievais, com batinas diferentes das que estamos acostumados. São batinas/togas, de acordo com o costume local, não necessariamente com o colarinho romano, que só no séc. XIX se popularizou. Antes, se usava muito colarinho alemão, colarinho inglês, e as "gravatas" das togas hannoveriana e genebrina.

    Eis a toga hannoveriana:
    http://2.bp.blogspot.com/_LPKiUIBcZPE/RhQebAe3lwI/AAAAAAAACuo/9Td4-ZS0w_w/s400/Lutero+Toga+hannover.jpg

    A toga genebrina:
    http://3.bp.blogspot.com/_PE0k42bGsP4/SXSo4iUCa1I/AAAAAAAAAiY/Xsgj3l7gtlo/s400/geneva.jpg
    e aqui:
    http://2.bp.blogspot.com/_PE0k42bGsP4/SXSnDRTqPOI/AAAAAAAAAhw/DFFFcexl6EA/s400/1-1-278-pic_op1.jpg

    ResponderExcluir
  6. Belíssima igreja.
    Achei duas coisas bem curiosas. A cátedra em que o Papa está sentado é maior que a do pastor luterano, e também a reverência que este fez ao Santo Padre.
    Bem interessante!

    Marcelo

    ResponderExcluir
  7. Sim, Marcelo. O Papa está em uma cátedra, certamente de uso dos bispos luteranos que visitam a igreja. Mas o pastor está em uma simples sédia.

    ResponderExcluir
  8. Prezados!
    Sou ministro luterano e quanto vossa persepção de nossa catolcidade é de fato correta. Ela não somente se faz presente na estetica ou liturgia, ela se faz clara em nossas confissões de fé reunidas na Confessio Augustana e nos catecismos de Lutero e nos Artigos de Esmalcade. Reconhecemos a autoridade dos concílios ecumênicos da Igreja Antiga, adotamos e professamos os Credos: Apóstólico, Niceno e Atanasiano como verdades insofismáveis da fé cristã.Somos agostianianos com relação a compreensão de Graça e pecado. Cremos na presença real de Cristo no Sacramento do Altar em uma união sacramental não transubistancial, não como simples simbolo memorial de unidade (como os de tradição Zwingliana) mas sim, como o Senhor ressurreto que se doa (não mais sacrificialmente) mas como Palavra viísivel que chama a penitência e à novidade de vida como Lei e Evagelho. Contudo, nossas divergências com o Romanismo são profundas no que tange as questões de autoridade eclesiástica, Salvação e mediação.

    ResponderExcluir
  9. Prezados!
    Também sou ministro luterano e ratifico cada palavra que o colega ministro expressou em 27 de junho de 2010. Nossa catolicidade repousa nos concílios ecumênicos da igreja antiga e na profissão dos três Credos citados. Ao contrário da tradição reformada prezamos as artes visuais e seu uso didático no espaço de culto, portanto não somos iconoclástas como muitas vezes nos rotulam.As diferenças coom o romanismo foram devidamente explicitadas pelo colega.

    ResponderExcluir
  10. Muito bonita! melhor que muitas Igrejas que dizem que é católica por aí.

    ResponderExcluir
  11. Olá caríssimos. Bom ums questão interessante esta é uma igreja ainda mais irrelevante do que as igrejas da Escandinávia como a Suécia, Noruega entre outras. Lá temos uma hierarquia muito parecida com a católica. Pois tem-se o episcopado ao diaconado, até padres, vigário, bispos e arcebispos tem. Eles usam casula báculo no cado dos bispos e arcebispo, mitra, cruz peitoral etc. Devotam Maria e outros santos são presentes na igreja. Preocurem

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...