Manchetes

quarta-feira, 31 de março de 2010

Reforma da reforma: Procissão do Senhor Morto e da Virgem das Dores, na Sexta-feira Santa de 2009, em Campanha, MG

Detalhe para o belíssimo pluvial preto, para a estola romana preta, o barrete e a batina com mozeta e sobrepeliz. Resgate de paramentos tradicionais nunca abandonados pela lei, e sim pela prática progressista... A cor da Sexta-feira Santa é vermelho, no rito moderno, mas a procissão pode ser feita com paramentos pretos dada a tradição litúrgica e a falta de regulamentação para esse ato que não está previsto no Missal (apenas no Ritual, no genérico "procissões" e sem mencionar cor).







7 comentários:

  1. Eu queria tanto um pároco assim...

    ResponderExcluir
  2. Amigos do Salvem a Liturgia

    Belíssimas fotos!
    Como acho que sugestões são bem vindas, gostaria muito que vocês postassem um artigo sobre as procissões da Semana Santa na Espanha, sobretudo as que acontecem em Sevilha. No meu blog, postei um pequeno artigo com um link que fala um pouco sobre as tradicionais procissões que remontam do século XVI até hoje:
    http://monachicus.blogspot.com/2010/03/procissoes-da-semana-santa-em-sevilha.html .
    Como meu blog ainda não alcança muitas pessoas, fica ai a sugestão!

    ResponderExcluir
  3. Rafael, o pluvial é de veludo. Pesadíssimo. Os fios dourados são de ouro. "Ao vivo" é mais belo ainda.

    Detalhe para o terço nas mãos do Pe. Bruno e do Pe. Marquinho. Linda imagem.

    ResponderExcluir
  4. De fato, o IGMR, quando fala das cores das vestes sagradas, diz: "346: Com relação a cor das vestes sagradas, seja observado o uso tradicional, a saber: (...) e) O preto pode ser usado, onde for costume, nas Missas dos Fiéis defuntos". Eu tava crente que era só nesse tipo de ocasião, mas, pelo visto, existem outras.

    Té mais

    João Marcos

    ResponderExcluir
  5. João Marcos, meu caro,

    A IGMR se refere à Missa apenas. Ela regula as vestes da Missa, não de outras celebrações. Tudo o que está no Missal Romano apenas tem valor em relação à Missa. E a IGMR é parte do Missal...

    Para as procissões, é preciso ver o que está no Ritual Romano. E lá não se fala em cores. É preciso, então, buscar na tradição litúrgica, no direito anterior, no costume, conforme os princípios canônicos. E o que isso tudo informa quando estamos nas procissões de Sexta-feira Santa? Que a cor dos paramentos é o preto, pois antigamente, era essa a cor de todas as celebrações da Sexta-feira Santa, inclusive da Solene Ação Litúrgica que toma o lugar da Missa...

    Abraços,

    ResponderExcluir
  6. Só existe um erro.
    Não se usa mozeta e por cima estola e capa pluvial. isso foi um equivoco.
    Para uso da Capa Pluvial, basta batina, sobrepeliz ou alva (se faz uso desta, então tbm cingulo), estola e a capa.

    ResponderExcluir
  7. Não existe nenhuma proibição acerca do uso do pluvial sobre vestes corais:

    http://2.bp.blogspot.com/_-gMPbLoDUpU/SmdSnPh07vI/AAAAAAAAAbk/STv3DWhXzcg/s1600-h/colonia41vl4.jpg

    http://2.bp.blogspot.com/_-gMPbLoDUpU/SmdSnXK7YAI/AAAAAAAAAbs/LNHtFRhJixQ/s1600-h/4641ay9.jpg

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...