Manchetes

Nosso Parceiro

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Aos Santos Inocentes

image

Hoje, é a festa dos Santos Inocentes, Mártires. Comemoremos com o Hino das Laudes, em latim, na forma ordinária:

 

1  Audit tyránnus ánxius

adésse regum príncipem,

qui nomen Israel regat

teneátque David régiam.

2  Exclámat amens núntio:

"Succéssor instat, péllimur;

satélles, i, ferrum rape,

perfúnde cunas sánguine!"

3  Quo próficit tantum nefas?

Quid crimen Heródem iuvat?

Unus tot inter fúnera

impúne Christus tóllitur.

4  Salvéte, flores mártyrum,

quos lucis ipso in límine

Christi insecútor sústulit

ceu turbo nascéntes rosas.

5  Vos prima Christi víctima,

grex immolatórum tener,

aram sub ipsam símplices

palma et corónis lúditis.

6 Iesu, tibi sit glória,

qui natus es de Vírgine,

cum Patre et almo Spíritu,

in sempitérna sæcula. Amen.

 

Lembremos que as três últimas estrofes formam o próprio hino das mesmas Laudes (e das Vésperas) na forma extraordinária. Ou seja, neste caso, temos um enriquecimento na reforma litúrgica de Paulo VI: no rito moderno, não só há um hino específico para as Laudes e outro para as Vésperas, diferentemente do rito antigo, como o hino antigo continua na forma atual, acrescido de mais três estrofes.

Resumindo: para quem recita o Ofício na forma ordinária, o hino é o acima, e para quem recita na forma extraordinária basta que pegue as três últimas estrofes do mesmo hino.

Em tempos de promoção do horrendo crime do aborto, nada melhor do que pedir a intercessão dessas crianças que primeiro deram a vida por Cristo, para que seus pares infantes não sofram com os novos “Herodes”.

blog comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...