Manchetes

Nosso Parceiro

terça-feira, 11 de maio de 2010

Reforma da reforma: é possível! Forma ordinária em latim e versus Deum em paróquia americana, celebrada pelo Bispo!

Na Igreja Santa Inês (Saint Agnes), por Dom Lee Piche, Bispo Auxiliar de St. Paulo, Minnesota, em latim e versus Deum, porém no rito moderno, pós-conciliar. A Missa foi concelebrada pelo pároco, Pe. John Ubel, e ajudada por dois diáconos permanentes e vários acólitos. Entre os paroquianos, várias mulheres de véu.

Uma prova de que o rito reformado por Paulo VI por ordem do Vaticano II pode, sim, ser celebrado não só conforme as normas atualmente em vigor, mas em atenção à tradição litúrgica da Igreja Ocidental.

As fotos e a notícia são do New Liturgical Movement.

A reforma da reforma na prática…









6 comentários:

  1. O bispo deve usar a cruz peitoral por dentro da casula ou por fora na missa? Percebi que o Papa sempre usa velada na missa, mas os bispos geralmente celebram com a cruz por fora. Não lembro se o CB comenta sobre este detalhe.

    Grato,
    Sidnei

    ResponderExcluir
  2. Existe um documento que permite o uso por cima da casula, tal copia deste é entregue aos bispos no curso para novos bispos a cada ano.

    ResponderExcluir
  3. Sidnei,

    Sim, existe essa concessão geral para alguns países. A Santa Sé fez isso para legitimar o que já era uso. Parece-me um exemplo claro de "desenvolvimento harmônico da liturgia".

    Quanto aos pronomes, isso é próprio das culturas. No Brasil, "dom" é usado para Bispos e para monges OSB/OCist/OCSO/OCart que sejam sacerdotes (Dom Estêvão, OSB, por exemplo, era padre, não Bispo, mas era "dom" porque padre-monge).

    Já nos países de fala espanhola e na Itália, o Bispo é chamado de "monsenhor" (que aqui no Brasil usamos para os pronotários apostólicos, para os capelães honorários de Sua Santidade, e para os Bispos-eleitos ainda não sagrados). Na Itália, "dom" é usado para o padre diocesano, não para o Bispo (que é, como visto, "monsenhor"), e a palavra "padre" é reservada ao padre religioso (e ao diácono religioso também). Nos Estados Unidos e no Reino Unido, usa-se, para o Bispo, "monsenhor" e "bispo": Bispo Fulano, Bispo Sicrano.

    Na verdade, o que costumamos chamar de "monsenhor" não é um título específico, mas um nome que damos, em Portugal e Brasil, a quem recebe um outro título: protonotário apostólico, capelão honorário, Bispo-eleito não sagrado etc.

    Abraço,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ilmo. Sr. Rafael,
      Gostaria de fazer-lhe uma correção: o título "Dom", concedido aos monges, serve não somente para os que sejam sacerdotes. Ele serve para TODOS os monges professos, ou seja, os que fizeram sua profissão solene (chamada também de perpétua, ou ainda, consagração monacal), mesmo não sendo padres. OBS.: Sou monge beneditino (OSB).
      Pax!

      Excluir
  4. Rafael

    Grato pelos esclarecimentos. Concordo que a concessão legitima os costumes diversos de cada país sem ferir a unidade do rito romano.

    Parabéns atrasado pelo teu aniversário ontem. Que o Senhor abençõe teu apostolado. Hoje é a vez do Kairo Neves apagar as velinhas.

    Abraço,
    Sidnei

    ResponderExcluir
  5. Um dia se Deus quiser também no Brasil será assim! Porém precisamois rezar muito e cada vez mais, e também nos esforçarmos na propagação da verdadeira Liturgia da Igreja.
    Jean.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...