Manchetes

Nosso Parceiro

domingo, 25 de abril de 2010

Sacras para o Invitatório, em latim, da Liturgia das Horas - I

O Salmo 94 convida os fiéis ao louvor do Altíssimo:

1. Vinde, manifestemos nossa alegria ao Senhor, aclamemos o Rochedo de nossa salvação;
2. apresentemo-nos diante dele com louvores, e cantemos-lhe alegres cânticos,
3. porque o Senhor é um Deus imenso, um rei que ultrapassa todos os deuses; (...)

- e, por esta razão, desempenha há muitas gerações, na Liturgia, o papel de salmo invitatório, o salmo que convida ao louvor de Deus.

Na Liturgia das Horas, o salmo invitatório é a maior porção daquilo a que se chama Invitatório; de fato, além dele temos uma antífona e um breve versículo introdutório, tomado também de um salmo (versículo 17 do Salmo 50: Senhor, abri meus lábios, a fim de que minha boca anuncie vossos louvores).

As citações de salmos que fiz até aqui foram tomadas a Bíblia Ave Maria. Na Liturgia propriamente dita, temos uma tradução ligeiramente diferente:

Abri os meus lábios, ó Senhor.
E minha boca anunciará vosso louvor.

Quem elaborou o texto em português fez a escolha de metrificá-lo, como o leitor poderá verificar pronunciando as palavras acima. O mesmo se fez na versão litúrgica do Salmo 94 (Vinde, exultemos de alegria no Senhor / aclamemos o rochedo que nos salva).

A seqüência dos textos, portanto, fica:

1 – Versículo introdutório (“Abri os meus lábios...”)
2 – Antífona
3 – Salmo 94, alternando cada estrofe com a antífona
4 – Glória ao Pai
5 – Antífona

Destes elementos somente a antífona varia. É verdade, também, que a Liturgia das Horas dá outras três opções de salmos como alternativas ao Salmo 94 (23, 66 e 99).

Considerando que, em geral, sempre o mesmo salmo se utiliza no Invitatório, e que a quantidade de antífonas do ano litúrgico inteiro não é excessivamente grande, acreditei existir aqui mais uma boa oportunidade de introduzir o latim na recitação da Liturgia das Horas. Possíveis objeções quanto à dificuldade de compreensão passam a inexistir, já que se usa sempre o mesmo salmo já conhecido.

Com esta finalidade, fiz algumas “sacras” com as antífonas e o Salmo 94.

As sacras são folhas, ou cartões, decorados, ilustrados e emoldurados, com textos comuns da Missa, e para sua celebração colocados sobre o altar. Muito comuns no Rito Extraordinário, podem ser perfeitamente utilizadas no Rito Ordinário como já apontou Rafael Brodbeck aqui no Salvem a Liturgia.

As que fiz não são ilustradas, e possivelmente superem todas as sacras do mundo em simplicidade – mas talvez sirvam, ao menos como um exemplo para que façam suas próprias sacras aqueles que assim desejarem.

Estão aqui compartilhadas com os leitores, em arquivo jpg que pode ser impresso em papel fotográfico 20 x 30 nas lojas que revelam fotos digitais.


Antífonas e Salmo 94 para o Tempo Comum - 359 kb, JPG (são sete antífonas, uma para cada dia da semana)


Logo colocarei as sacras do Advento, do Natal e das Solenidades do Senhor. Para aqueles que desejam, em pouco espaço, um número maior de antífonas, fiz duas sacras sem o texto do Salmo, que pode ser tomado de outra fonte (o próprio livro, por exemplo).


blog comments powered by Disqus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...