Manchetes

Nosso Parceiro

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Semana Santa no Brasil com dignidade, sacralidade e respeito às rubricas - XVI (Vigilia Pascal em Frederico Westphalen - RS)

Às 21hs, na Catedral Diocesana de Santo Antonio em Frederico Westphalen – RS, foi celebrada a Solene Vigília Pascal, presidida por S.E.R. Dom Antonio Carlos, bispo diocesano, a vigília pascal, celebrada no rito ordinário, versus populo e em vernáculo, iniciou-se no átrio externo com a benção do fogo, e as incisões no Cirio Pascal, depois o canto do Eis a Luz de Cristo, repetido 3 vezes, elevando a cada um o tom do canto; o Canto do Exultet Pascal, a liturgia da palavra com as 7 leituras e os respectivos 7 salmos e as orações após cada um; o Glória com o tocar dos sinos, a leitura da Epistola, a entoação do Aleluia em 3 tons e o canto do Rendei Graças, a proclamação do Evangelho.

Após a homilia a liturgia Batismal, neste ano não foi realizado nenhum batismo, enquanto entoava-se a ladainha, seguiu-se até a pia batismal, onde foi feita a benção da água batismal, após presidindo da cátedra o Bispo convocou o povo a fazer a renovação das promessas batismais.

Depois a missa seguiu como de costume, a apresentação das oferendas, o prefácio próprio cantado, e a oração eucarística I o Canon Romano, com as respectivas partes próprias destes dias.

Na última foto, podemos ver o registro de um fato, neste dia, a pedido do pároco da Catedral Cônego Leonir Fainello, vieram para esta importante celebração todos os coroinhas da paróquia da Catedral, estavam mais de 200 coroinhas sem duvida alguma. Segundo Dom Antonio esta participação dos coroinhas neste dia, e o permanente trabalho com eles na diocese, deve ser uma resposta da Igreja, uma mostra que a Igreja gosta, quer as crianças, ajudando e as respeita e que a Igreja deve ser e sempre será aquela que educa e forma as crianças na fé.

Preparação do Cirio Pascal
O segundo "Eis a luz de Cristo" e o acendimento das velas do povo.

Todo o povo com as velas acessar, mas a Igreja ainda escura

O coral

A incensação do Cirio Pascal

Glória

Benção com o Evangeliário

Homilia


Durante a Benção da Agua Batismal

Renovação das Promessas Batismais




Os coroinhas de toda a Paróquia da Catedral de FW


6 comentários:

  1. Como músico atuante na minha paróquia (São José de Salesópolis-SP), não poderia deixar de comentar a foto do coral. Além da grande quantidade de cantores (algo que, em minha paróquia, só se viu nos tempos áureos do Coral Santa Cecília, entre as décadas de 70 e 80), chama-me a atenção o órgão. Bem-aventurada a igreja que possui um órgão (e o utiliza).

    Sinto muita falta de um órgão em minha igreja e o meu teclado velho de guerra possui sons de órgão nada agradáveis (razão pela qual acabo recorrendo, na maioria das vezes, ao som do piano, embora não seja um exímio pianista).

    Se um dia eu puder (e o Senhor há de me ajudar), gostaria muito de doar um órgão para a minha igreja matriz.

    ResponderExcluir
  2. Wescley

    Belíssima celebração, realmente o grande número de coroinhas embelezou ainda mais. Agora pergunto: os coroinhas usam túnica com sobrepeliz? Por que do uso da cor bege pela maioria? As vestes são todas da catedral (haja armário para guardar tudo isto) ou cada um adquire sua própria veste?

    Abraço,
    Sidnei

    ResponderExcluir
  3. Sidney.

    Sim, usam uma especie de túnica (penso que qdo foi feita a ideia era uma batina sem colarinho. Quem usa na cor bege são as meninas, e na cor vermelha os meninos. Neste dia estavam os coroinhas de toda a paróquia da Catedral, cidade, e das capelas do interior do municipio de FW, então geralmente ou se guardam nas capelas, ou cada um guarda a sua em casa msmo.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  4. Wescley

    Interessante esta diferenciação entre a este dos meninos e das meninas.
    A sobrepeliz que você usa é de um modelo diferente semelhante a do Mons. Marini, não tem aquele corte retangular pra cabeça, mas é redonda a abertura e parece que é fechada com um laço na frente. Tem um nome especial este modelo?

    Sidnei

    ResponderExcluir
  5. è um modelo diferente de sobrepeliz, realmente parecida com alguns que algumas vezes Mons. Marini usa, se encaixaria até como roquete, pelas mangas serem mais justas, não tão largas qto os modelos mais comum de sobrepeliz.
    Mas no entanto é um modelo a mais, dos varias que se tem.

    ResponderExcluir
  6. Wescley
    Que emoção ver a minha cidade, a catedral e o povo da minha terra, FredyWest, na celebração da Páscoa.Quando jovem e residindo aí, sempre fiz parte do Coral da Catedral e hoje identifico na foto minhas irmãs , primas e muitos amigos que continuam. Sou da família Caovilla e fiquei muito feliz quando Dom Antonio foi nomeado Bispo de Frederico, pois o conheçi, através do site Presbíteros e Veritatis Splendor. Frederico, que é uma cidade muito católica, foi mais uma vez abençoada por Deus enviando Dom Antonio como seu Pastor.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...